SELO DE PUREZA Leite 100% Búfala ABCB

Industria e Comercio de Laticínios Maria Madalena de Souza LTDA
Sítio Bom Destino s/n - Morro do Ferro Distrito de Oliveira - MG
CEP: 35.541-000 - Telefax: (37) 3332-6050

STUDIO PUBLICIDADE
Curiosidades
• Originário da Ásia, o búfalo foi introduzido no Brasil no final do século passado, na ilha de Marajó, no Pará. A maior parte do rebanho bubalino nacional está na região amazônica.

• Quem vê cara não vê coração. O búfalo, por mais incrível que pareça, é um animal dócil e rústico, com capacidade de adaptação às diferentes condições ambientais. O animal vive até mais ou menos os 15 anos produzindo muito leite, carne e trabalho.

Foto Laticício Bom Destino
• Quando o assunto é trabalho, o búfalo também é campeão. Seus largos cascos fendados e a grande articulação de seus membros tornam seus rendimentos superiores ao do bovino.

• Crianças expostas à radiação no acidente da Usina Nuclear de Chernobil (Ucrânia), em 1986, foram adotadas temporariamente por famílias italianas, da região de criação de búfala, para serem alimentadas com esse leite, fortalecendo-se e neutralizando os efeitos da radiação. Isso porque o leite exerce alto poder de filtragem no organismo.

• Pode-se dizer que a quantidade de proteína, vitamina e cálcio presentes em 200gr de mozzarela de leite de búfala equivale a uma picanha ou três bifes. Esse leite também produz uma deliciosa manteiga com bem menos gordura que a comum.

• O leite de búfala é acentuadamente branco, devido à ausência de B-caroteno (precursor da vitamina A), responsável pela tonalidade amarelada característica no leite de vaca. É mais doce também, devido ao elevado extrato seco, evidenciado pelo maior teor de lactose.

• Sabia que cerca de 7% do leite consumido no mundo é o de búfala? Na Índia, segundo país mais populoso do mundo, por exemplo, as búfalas produzem 70% de todo o leite bebido por lá (misturado com água, porque o leite é bem forte). Mas, na Itália, a produção de leite de búfala é quase que totalmente destinada à indústria de mozzarela e há registros de sua produção desde os tempos bíblicos.

• De 2001 para 2005, o consumo de laticínios feitos com leite de búfala cresceu 135% no país, segundo a Associação Brasileira de Criadores de Búfalo.